Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sapocris

sapocris

21
Mai20

Dia da Espiga

sapocris

98276367_2951553758213041_2603108970059005952_n.jp

Dia da espiga

Hoje celebra-se o Dia da Espiga, um costume popular que se festeja sempre na quinta-feira da Ascensão, sendo por isso móvel.

A quinta-feira de Ascensão celebra a subida de Jesus ao Céu, quarenta dias depois de ter ressuscitado. Quarenta dias depois da Ressurreição, Jesus apareceu pela última vez aos seus discípulos, em Jerusalém, e levou-os ao Monte das Oliveiras. Depois de lhes ter renovado a promessa do Espírito Santo, ergueu as mãos ao céu e abençoou-os. Depois, começou a elevar-se no ar e desapareceu. Então, apareceram dois anjos a anunciar que Jesus regressaria. Os discípulos deixaram o Monte das Oliveiras e regressaram a Jerusalém.

Acredita-se que este costume nasceu de um antigo ritual cristão, de abençoar os primeiros frutos do ano.

Por ter uma ligação com a Natureza, pensa-se que este costume vem de ainda mais atrás no tempo, estando ligado a antigas tradições pagãs associadas às festas da deusa Flora que aconteciam por esta altura e às quais se mantém ligada à tradição dos Maios e das Maias.

O dia da espiga era também o "dia da hora" e considerado "o dia mais santo do ano", um dia em que não se devia trabalhar. Era chamado o dia da hora porque ao meio-dia, tudo parava, "as águas dos ribeiros não correm, o leite não coalha, o pão não leveda e as folhas se cruzam".

Era nessa hora que se colhiam as plantas para fazer o ramo da espiga e também se colhiam as ervas medicinais.

Cada elemento que compõe o ramo simboliza um desejo:

- A espiga = o desejo que haja pão, que nunca falte comida.

- folhas de oliveira = que haja paz (a pomba da paz traz no bico um ramo de oliveira) e que nunca falte a luz (divina). (Dantes as pessoas alumiavam-se com lamparinas de azeite)

- Flores (malmequeres, papoilas, etc.) = que haja alegria (simbolizada pela cor das flores

- o malmequer = ouro e prata

- a papoila = amor e vida

- o alecrim = saúde e força

O ramo é guardado ao longo de um ano, até ao Dia de Espiga do ano seguinte, pendurado dentro de casa, atrás da porta.

Retirado da página